Ligue Para: (21) 4063-7007 ou (31) 4063-7007
Social:
Sua nuvem de negócios...

Leads: saiba o que é e como gerenciá-los na sua empresa

Se você trabalha com marketing digital ou é empreendedor, certamente já escutou falar no Lead. Mas, afinal, o que é isto? Entenda como gerar e gerenciar esses potenciais clientes, de forma simples e eficiente.

De forma resumida, Leads são oportunidades de negócio. Isso porque esses potenciais clientes, em algum momento demonstraram interesse e disponibilizaram para a empresa o nome, e-mail ou telefone, por exemplo.

Exatamente por serem pessoas que já tiveram contato com o produto ou serviço e, de alguma forma, consideraram relevante o suficiente para deixar seu contato, fazer uma boa gestão desses Leads é muito importante para seus resultados de marketing digital.

Falando assim, parece que todo o caminho desde a atração, manutenção e gestão desse Lead é muito simples e rápido. No entanto, se você trabalha com marketing digital, sabe que não é essa a realidade. É fundamental entender como eles avançam durante a jornada de compra e como podemos gerenciar sua evolução em todas etapas do funil. São várias etapas que já deixam o caminho bem mais complexo, certo?

Por isso, preparamos um guia para te ajudar a entender a dinâmica por trás do gerenciamento de Leads e como alguns processos de CRM podem ajudar a maturar esse potencial cliente, fazendo com que ele ganhe confiança e direcionando-o até a venda.

O que é um Lead?

Como falamos anteriormente, Lead é uma oportunidade de negócio para a empresa. Mas, na prática, como isso funciona?

Basicamente, Lead é alguém que forneceu suas informações de contato como nome, e-mail, telefone e outros em troca de algum conteúdo de valor em seu site. Por exemplo, se o cliente vai fazer a primeira compra e você oferece 10% OFF se ele cadastrar o e-mail, ou até mesmo um e-book sobre algum tema que esse potencial cliente tenha interesse. Vale lembrar também que, apesar de mais comum, a captação de leads não precisa ser feita necessariamente em um canal digital, para empresas que trabalham com vendas por telefone, por exemplo, esse pode ser um excelente canal para atrair potenciais clientes.

Por isso, podemos dizer que o Lead é alguém que busca informações ou produtos relacionados ao seu negócio e, provavelmente, gostaria de conhecer mais soluções e oportunidades relacionadas a isso. E é nesse momento que a gestão desse Lead se torna estratégica, até o momento certo de contato do seu time de vendas.

Para facilitar a compreensão da gestão desse Lead, seu time de marketing deve trabalhar com base em um funil de vendas tradicional. Levando em consideração como será o contato e quais as soluções para tratar esse lead em cada etapa da jornada de compra, até que ele chegue a fase final de compra e o contato seja efetivo.

Como gerenciar os leads no funil de vendas?

Antes de mais nada, é importante dizer que não existe certo ou errado quando estamos falando sobre análise de funil. Algumas empresas trabalham unificando todo o processo de captura até conversão em um único funil de vendas, outras, dividem entre o funil de marketing e o funil de vendas. É importante entender qual o mais adequado a sua empresa e segmento de negócio.

Dito isto, vamos considerar um modelo mais básico para ao longo do processo, mas, lembre-se: tudo isso é adaptável!

O nome funil não é à toa. Como podemos ver na imagem abaixo a maior parte dos clientes está no topo e a menor parte no final do funil. Isso é absolutamente normal, já que o chamado topo do funil representa todas as pessoas que entraram em contato com a marca, ou seja, os leads e, a cada etapa de incentivo, apenas uma parte desses potenciais clientes vão ganhando interesse e avançando até a etapa de compra.


Beleza, com o funil de vendas em mãos. Vamos entender como funciona cada etapa desde a atração desses leads? O gerenciamento é mais complexo do que parece, como já falamos.

Com uma estratégia de geração de leads bem estruturada e rodando é hora de pensar na etapa chamada de nutrição de leads. Agora é o momento do time de marketing impactar esses leads e estreitar o relacionamento desses potenciais clientes com a marca. Aqui o CRM é um grande aliado do time de marketing para fornecer informações sobre hábitos de compra e navegação desses leads, assim, as campanhas podem ser melhor segmentadas aos interesses de cada cliente o que pode levar a um maior engajamento.

Conquistou a confiança do seu cliente e o alimentou com informações relevantes? Talvez seja hora de enviar esses leads para o time de vendas e deixar que eles entrem em ação. Mas, como saber se esse é realmente o momento?

Primeiro, é fundamental identificar o que chamamos de leads mais qualificados, ou seja, aqueles que tem maior potencial de conversão. Para ficar mais simples de entender, um exemplo: se um cliente assina sua newsletter e autoriza o contato da marca, ele deve ser considerado um lead mais qualificado do que aqueles que só se inscrevem na News.

Qualificando os leads, cabe ao time de vendas mostrar para esse potencial cliente como as soluções oferecidas pela sua empresa podem agregar valor e ajudá-lo. Caso a venda aconteça, esse lead vira um cliente.

Agora você deve estar achando que chegou ao fim o gerenciamento desse lead, certo? Claro que não! Para que o funil se retroalimente e continue rodando a favor da empresa, é fundamental que esse novo cliente continue sendo encantado durante o pós-venda. Assim sua empresa continua gerando valor para esse cliente, o que o aproxima da marca e pode fazer com que ele se torne um promotor do seu negócio, trazendo novos leads.

3 dicas práticas para gerenciar seus leads

  • Analise todo o funil de vendas: cuide de cada lead individualmente, mas sempre tenha a visão geral do seu funil de vendas. Aqui a dica é ter uma ferramenta que ofereça essa visão geral para mensurar quantos leads estão em cada etapa e também ter um profissional dedicado a encontrar gargalos e oportunidades de melhoria ao longo do processo.

  • Tenha metas de conversão bem definidas: sempre falamos isso por aqui, mas para a gestão de leads as metas de conversão são ainda mais importantes, pois elas vão mostrar qual o percentual de leads que devem ser convertidos em cada etapa do funil. Esse é o principal indicador para entender onde estão os problemas e principais pontos de melhoria no funil.

  • Automatize processos: nunca é demais lembrar que hoje em dia existem diversas ferramentas capazes de ajudar nas análises diárias e que otimizam o tempo dos profissionais de marketing. Aqui, vale lembrar que, ao automatizar processos estamos falando de mais clientes impactados em menos tempo, dashboards atualizados em tempo real para que as análises sejam constantes, entre outros.


Agora que você já sabe como gerar e cuidar dos leads da sua empresa, que tal encontrar soluções de automação em marketing digital de acordo com a sua necessidade? Conheça os pacotes da Ligou.me clicando aqui ou fale com um de nossos consultores!



Termos Relacionados: LEADS FUNIL DE VENDAS MARKETING DIGITAL

Compartilhe Este Conteúdo:

Artigos Relacionados

Pesquisar no Blog



Comentários

Entre em Contato
  • Endereço: Av. João Samaha, 1385, Sala 103 Bl 01, São João Batista
    Belo Horizonte/MG - CEP: 31.520-100
  • Telefones: (31) 4063-7007 | (21) 4063-7007
  • Email: comercial@ligoume.com.br
  • Chat - Seg. às sex.: 9:00 às 19:00
    Telefone - Seg. às sex.: 9:00 às 18:00
Diga Olá! :)

« Grupo BHG / Ligou.me ». ©Todos os direitos reservados 2015.