Ligue Para: (21) 4063-7007 ou (31) 4063-7007
Social:
Sua nuvem de negócios...

​Especial Rotas VoIP: a GSM

Na hora de adquirir uma linha VoIP para a empresa, nem sempre os clientes já estão instruídos no universo técnico e suas terminologias. Pensando em solucionar esse problema, nós do Ligou.me criamos uma série de artigos para explicar os principais sistemas de rotas do VoIP. As três principais rotas utilizadas pelo VoIP são GSM, TDM e CLI. As diferenças e especificidades dessas rotas serão, a cada semana apresentadas aos nossos leitores. Hoje começamos com a rota GSM. Uma das mais famosas e tradicionais rotas de VoIP!

A presença e a influência do VoIP no mundo das comunicações cresce a cada dia. Empresas, centros de telemarketing e até pessoas físicas buscam soluções mais econômicas nos sistemas que substituem as formas tradicionais de telefonia. No entanto, empresas especializadas na venda do VoIP lidam todos os dias com diferentes tecnologias e especialmente as chamadas Rotas, diferentes estilos de telefonia digital, cada qual com suas especificidades e características.


O que é uma Rota de VoIP


Antes de mais nada é preciso entender o que é e para que serve uma rota de VoIP. Apesar de as ligações serem feitas pela internet, o que ocasiona o barateamento com telefonia, ainda assim os sinais precisam passar pelos canais de telefonia tradicionais para chegarem no destino, caso ele seja um número de celular ou fixo.


As rotas são justamente a terminação dessa ligação na empresa de telefonia convencional. As rotas fazem a ponte entre a ligação via internet e o telefone convencional da pessoa para quem se está ligando.


As diferentes rotas citadas anteriormente nada mais são do que diferentes tecnologias que fazem essa interconexão.


Como funciona a rota GSM


De posse das informações a respeito do funcionamento das rotas, podemos compreender a especificidade da rota GSM muito simplesmente.


GSM é a sigla para Global System for Mobile e pode ser compreendida como a rede tradicional de celulares. É apenas por conta da rede GSM, que podemos chamar de rede 2G, que os serviços de SMS via celulares puderam surgir.


Não à toa, o uso dessa tecnologia é considerado muito econômico. Essa rede é utilizada todos os dias por milhares de pessoas e mais de 200 países do mundo, no uso corrente de seus aparelhos celulares.


Uma das vantagens desse sistema é que não existe conversão de digital para analógico. O sinal de GSM já é digital, portanto a transferência se dá de um terminal equipado com cartão SIM (normalmente um celular) até o destinatário. Compreenderemos mais desse tema ao entendermos o que é uma chipeira ou Gateway, na próxima sessão.


O papel do Gateway na rota GSM


Como vimos, a rota GSM se define pela transferência de uma ligação via VoIP para a rede de celulares, que é muito mais barata do que utilizar o padrão de ligações da telefonia fixa.


No entanto, essa economia não seria tão alta caso o sistema não fosse equipado por um gateway GSM ou chipeira, como é chamado normalmente. Isso porque muitos dos custos de ligações para celulares que uma empresa normalmente tem, tem relação com ligações interurbanas ou conflitos entre planos de operadoras.


Isso se resolve com um Gateway GSM. Esse aparelho, como todo gateway, é responsável pelo processo que descrevemos acima, de transmissão de uma ligação via VoIP para a rede de celulares. O conveniente da chipeira é a possibilidade de acoplar diversos chips, de diversas operadoras e com planos distintos.


Resumindo, podemos dizer que o Gateway funciona como um intermediário entre o chamado PABX IP e a rede telefônica. O PABX IP é um sistema similar ao PABX tradicional, mas que funciona por meio das ligações via internet.


O PABX IP conecta todos os sistemas telefônicos e ramais da empresa e se liga ao Gateway GSM. Na chipeira podem ter diversos chips, inclusive de Estados e operadoras diferentes. Na hora de fazer uma ligação para outro estado, o sistema escolherá o chip que proporciona uma ligação mais econômica o que resulta em economia para a empresa. É possível, por exemplo, que uma ligação feita de São Paulo utilize um chip com número de Minas Gerais, advindo de uma filial da empresa nesse Estado, a depender do destinatário da ligação.




Características do uso da Rota GSM


O maior benefício dessa rota é o baixo custo proporcionado pelo sistema GSM. É uma tecnologia utilizada especialmente por Call Centers e por algumas empresas para diminuir os gastos com celular.


Essa economia decorre do uso de planos, como os de ligações ilimitadas que vemos disponíveis por operadoras de celular.


Uma característica negativa desse sistema é que não é possível controlar o número que aparecerá no bina de quem recebe a ligação. Muitas pessoas simplesmente não atendem ligações de números desconhecidos ou de outros Estados por considerarem automaticamente que se trata de cobrança ou telemarketing.


Outro ponto negativo é a necessidade de contar com o serviço de torres de celular ou com flutuações da qualidade do serviço que depende do sinal de operadoras.


Apesar disso, o baixo preço a disponibilidade da rota GSM ainda faz com que seja escolhida por muitas empresas.


Aqui no Ligou.me trabalhamos com rotas GSM e também com outras, como a TDM e CLI! Entre em contato com nossos atendentes para fazer saber mais informações dessas tecnologias e descobrir qual é a mais adequada para a sua situação.


E se quiser saber mais detalhes técnicos dessa tecnologia revolucionário, não perca nossos próximos posts aqui no blog.



Termos Relacionados: VOIP GATEWAY CHIPEIRA ROUTES ROTAS GSM

Compartilhe Este Conteúdo:

Artigos Relacionados

Pesquisar no Blog



Comentários

Curta nossa página
Entre em Contato
  • Endereço: Av. João Samaha, 1385, Sala 103 Bl 01, São João Batista
    Belo Horizonte/MG - CEP: 31.520-100
  • Telefones: (31) 4063-7007 | (21) 4063-7007
  • Email: comercial@ligoume.com.br
  • Chat - Seg. às sex.: 9:00 às 19:00
    Telefone - Seg. às sex.: 9:00 às 18:00
Diga Olá! :)

« Grupo BHG / Ligou.me ». ©Todos os direitos reservados 2015.