Ligue Para: (21) 4063-7007 ou (31) 4063-7007
Social:
Sua nuvem de negócios...

Big Data e Dark Data

O Big Data é um termo amplamente utilizado nos últimos anos! Mas você realmente sabe o que é? No artigo de hoje vamos conhecer o Big Data, suas aplicações e uma de suas vertentes o Dark Data.


O Big Data é uma tecnologia amplamente comentada e pode se considerada a base para muitas ferramentas e inovações nos últimos anos.


A demanda para coleta e análise de informações é um processo que tem aumentado de forma significativa e usar esse tipo de aplicação com excelência se tornou essencial, pois pode significar estar a frente da concorrência.

Hoje em dia até mesmo empresas de porte pequeno podem utilizar o Big Data em nuvem, aumentando suas oportunidades de crescimento.


Além de utilizar os benefícios do Big Data é importante conhecer e tomar certas precauções para lidar com o Dark Data.

Agora vamos entender o que são cada um deles e o que representam no mercado tecnológico.



O que é Big Data?

Podemos entender o Big Data como um enorme volume de dados que são gerados e analisados, mas não é só isso, no conceito de Big Data temos três pilares que são chamados de tres Vs.


Os pilares são: Volume, variedade e velocidade.

Vamos entender cada um deles:

Volume

Aqui estamos falando do grande volume de dados gerado a cada minuto e que só tende a crescer! No Big Data a capacidade de captação e armazenamento tende a aumentar cada vez mais com a IOT - Internet das coisas.

Variedade

Não é só o volume de dados que é enorme, mas também a variedade deles. No Big Data são gerados diversos tipos de dados que podem ser estruturados e não estruturados.

Dados estruturados:

São arquivos em que os dados podem ser facilmente extraídos para leitura, pois apresentam formato amigável de texto, como por exemplo arquivos de bloco de notas (txt, csv, xml).

Dados não estruturados:

No Big Data os dados não estruturados podem ser diversos, podemos dizer que são todos os dados restantes que não estão em arquivo do tipo bloco de notas, esses dados apresentam uma condição mais complexa, como por exemplo áudios, vídeos, portais de internet e até mesmo arquivos do Pacote Office.

Velocidade

Cada vez mais as coletas e análises são feitas em menor tempo, em muitos casos já é possível trabalhar com tempo real ou com latência muito baixa.


Vamos conhecer algumas aplicações de Big Data.

Aplicações Big Data

O Big Data está ramificado em várias áreas, vamos conhecer alguns exemplos para entender a amplitude dessa tecnologia.

Analise a satisfação da sua equipe

Já existem ferramentas que aliadas ao Big data, por meio do histórico de cada funcionário, que são capazes de analisar se o colaborador está satisfeito ou não e qual a probabilidade dele querer mudar de emprego, equipe e etc.

Uma justiça mais eficiente

O Governo já utiliza esse tipo de tecnologia para analisar uma grande gama de informações importantes a fim de detectar operações fraudulentas e lavagem de dinheiro.

Geolocalização e trânsito

Com o Big Data se tornou possível a atualização do trânsito em tempo real, com um grande grau de precisão no que tange a localização, o que antes era informado de maneira errônea pelos serviços públicos, devido ao atraso, hoje pode pode ser facilmente acessado via celular ou computador.

Comportamento do consumidor

Como entender o comportamento do seu cliente? A resposta é Big Data.

Através disso é possível analisar o comportamento do seu público e distribuir um conteúdo mais chamativo, conhecer os hábitos do consumidor e personalizar o atendimento.

Jogos e Interação

Jogos de realidade aumentada e com geolocalização tem como base o Big Data. Em alguns casos o nível de personalização dos jogos chegam a ser assombrosos, pois são capazes de mapear os lugares mais frequentados por você e gerar maiores interações exatamente nesses locais, como por exemplo algum restaurante que você costuma frequentar toda semana.


Essas são apenas algumas aplicações que o Big Data é capaz de fazer.



O que é Dark Data?

O Dark Data é oriundo do Big Data, podemos entendê-lo como um efeito colateral do Big Data!

Como assim?


Já é de conhecimento de todos o grande e variado volume de dados gerado diariamente, nesse processo de armazenamento de informações, apesar da quantidade, nem tudo que é armazenado de forma regular é considerado relevante e útil para análise.


Alguns exemplos de Dark Data que não são explorados:


  • E-mails antigos
  • Informações de antigos empregados
  • Informações de pedidos que já foram entregues
  • Anotações
  • Apresentações

Mas porque armazenar esses dados?

Muitas organizações estão guardando essas informações sem ter exatamente um propósito definido pois analisar as informações de Dark Data pode ser bem dispendioso financeiramente. Essas empresas consideram esse tipo de informação sem risco, mas na verdade existem alguns riscos de segurança que devem ser analisados.

Big Data: Os riscos das informações Dark Data

Vamos entender o porquê do Dark Data apresentar alguns riscos.

Sua empresa pode perder o prestígio

Os dados considerados sem importância podem ser um grande alvo de ataques cibernéticos. O Dark Data que está a muito tempo sem qualquer tipo de destinação, torna-se suscetível invasões; É de suma importância a proteção dos dados através de um sistema sofisticado de segurança.

Aumento de custo

É importante estar de acordo com as regulamentações impostas pelo estado e muitas vezes isso pode gerar gastos importantes, sendo que quanto maior o tamanho do armazenamento maior pode ser o custo.

Outro ponto a considerar é o tempo útil do Dark Data, isto é, a quanto tempo está guardado e se ainda tem possibilidade de uso. É muito importante conhecer esse tipo de detalhes que muitas vezes pode significar desperdício de recursos.

Atraso nos processos

O Dark Data pode ser sinônimo de lentidão para encontrar e analisar informações de valor, pois gera complexidade na busca por informações que realmente serão utilizadas para um melhor desempenho das análises.

Com o aumento exponencial de dados estão surgindo soluções para realmente dar algum destino que seja aproveitável para o Dark Data.

Gostou de entender mais sobre Big Data e Dark data? Resta mais alguma dúvida?

Deixe seu comentário e conte-nos sobre sua experiência com essa tecnologia!





Termos Relacionados: BIG DATA DARK DATA BIG DATA & DARK DATA IOT

Compartilhe Este Conteúdo:

Artigos Relacionados

Pesquisar no Blog



Comentários

Entre em Contato
  • Endereço: Av. João Samaha, 1385, Sala 103 Bl 01, São João Batista
    Belo Horizonte/MG - CEP: 31.520-100
  • Telefones: (31) 4063-7007 | (21) 4063-7007
  • Email: comercial@ligoume.com.br
  • Chat - Seg. às sex.: 9:00 às 19:00
    Telefone - Seg. às sex.: 9:00 às 18:00
Diga Olá! :)

« Grupo BHG / Ligou.me ». ©Todos os direitos reservados 2015.